A criptomoeda que superou o Bitcoin em valorização em 2021


Em 2021, a criptomoeda Ethereum se valorizou mais do que o famoso Bitcoin. E, para 2022, na avaliação de especialistas brasileiros e estrangeiros, o criptoativo deve seguir se valorizando. De acordo com o portal UOL, segundo as análises, a moeda digital pode chegar ao valor de US$ 10 mil. Então, para saber mais sobre a Ethereum e conferir como você pode investir no mercado em 2022, leia a seguir!

É provável que você também goste:

Plataforma paga US$ 25 em Bitcoin para quem se cadastrar

Mercado Pago libera negociação de Bitcoin e Ethereum a partir de R$ 1

Criptomoedas: mais de 30% dos brasileiros já usam e 97% conhecem, aponta Visa

Conheça a criptomoeda que superou o Bitcoin em valorização em 2021

Dessa forma, em artigo publicado no site The Motley Fool, para chegar no valor de US$ 10 mil, será preciso alcançar uma valorização superior a 150%. Isso levaria o ativo a um valor de mercado na faixa de US$ 720 bilhões. Reduzindo, assim, a distância do ativo para o Bitcoin, avaliado hoje em cerca de US$ 900 bilhões.

Segundo Vinicius Bazan, analista de criptomoedas da Empiricus, em entrevista ao portal Uol, o Ethereum poderá mesmo atingir o valor de US$ 10 mil em 2022, em parte por conta da valorização que a criptomoeda teve em 2021. Contudo, para 2022, o cenário depende do mercado de criptos como um todo, até porque existe uma correlação grande entre os ativos.

Por fim, alguns especialistas também afirmam que o desempenho da criptomoeda em 2021 tem a ver com o fato de a maioria dos mineradores de criptomoedas, como Bitcoin e Litecoin, entender que a utilização do ETH na compra de tokens, principalmente em empresas, faz mais sentido. Assim, em 2022, a expectativa é de um cenário parecido.

Lembrando, porém, que a recomendação é não investir apenas em uma criptomoeda. O ideal é ter entre 20% e 30% na carteira de criptomoedas em Ethereum, mas sem abrir mão do Bitcoin e de outros ativos listados entre os top 10 do site CoinMarketCap.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: eamesBot / Shutterstock.com





Link da fonte

Deixe uma resposta