Bolsa do Povo vai pagar auxílio de R$ 1 mil para MEIs e desempregados


Para auxiliar a população durante a crise da pandemia, o governo de São Paulo criou o Bolsa do Povo Empreendedor. Assim, desde setembro deste ano o programa disponibiliza uma bolsa-auxílio de R$ 1.000 para desempregados, trabalhadores informais ou MEIs (microempreendedores individuais). E o programa deve se estender para 2022, com previsão de realizar os pagamentos até o final de fevereiro. Então, para saber mais, confira a seguir.

É provável que você goste também:

Liberado: quem recebe Auxílio Brasil pode fazer curso gratuito; veja como

Auxílio Emergencial: o que ocorre se não devolver o valor após cobrança do governo?

Auxílio Brasil vai pagar R$ 600 em 2022?

Atenção: Bolsa do Povo vai pagar auxílio de R$ 1 mil para MEIs e desempregados

Dessa forma, além do auxílio, os participantes também tem direito a participar de um curso de qualificação e de se registrarem como microempreendedores individuais. O governo vai dividir o benefício de R$ 1.000 em duas parcelas de R$ 500. Contudo, para receber, é preciso cumprir alguns requisitos e se inscrever no programa até o dia 3 de janeiro.

O programa tem como objetivo amparar financeiramente trabalhadores informais, empreendedores que têm enfrentado dificuldades para manter seu negócio devido à pandemia; além do caso dos MEIs, pessoas que geralmente trabalham por conta própria. A iniciativa se estende até mesmo para aqueles que estão em situação de desemprego.

Por fim, como mencionamos, o programa também concede a qualificação profissional para os envolvidos. Quem for selecionado deve participar do curso que será oferecido pelo SEBRAE de forma gratuita. Você pode realizar as aulas de forma presencial ou à distância. Para se cadastrar, acesse este link.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Vinicius Tupinamba / Shutterstock.com





Link da fonte

Deixe uma resposta