Empréstimo do BNDES libera até R$ 20 mil para MEIs


Os MEIs (Microempreendedores Individuais) podem solicitar empréstimo ao BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento) de até R$ 20 mil. A linha de crédito está disponível àqueles que tenham receita bruta igual ou menor a R$ 360 mil por ano.  

 

Intitulado “Microcrédito – Empreendedor”, o empréstimo do BNDES financia capital de giro e investimentos como obras, compra de máquinas e equipamentos, e compra de insumos e materiais.

 

A taxa de juros é negociada entre o agente operador do BNDES e o solicitante, mas não pode passar de 4% ao mês, incluindo todos os encargos da operação. Também há a Taxa de Abertura de Crédito (TAC), que é uma taxa administrativa que poderá ser cobrada no ato da abertura do crédito, que não passa de 3% sobre o valor financiado.

 

O prazo para a quitação do empréstimo é negociado diretamente com o agente operador e não é necessário garantias, apenas o aval solidário.

Como solicitar o empréstimo do BNDES para MEI?

Para solicitar o empréstimo é necessário entrar no site Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME), clicar em “Crédito para Empreendedores – Solicitar Agora” e inserir as informações solicitadas.

 

Ou o interessado em contratar um empréstimo pode dirigir-se diretamente ao agente operador do BNDES Microcrédito próximo a sua residência ou ir até uma instituição com rede própria de agentes repassadores

 

Em todas as situações, o agente operador irá analisar a disponibilidade de concessão do empréstimo e as condições do financiamento.

Microcrédito do BNDES

O Programa de Microcrédito do BNDES foi estabelecido junto com o  Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO), instituído em 25 de abril de 2005, por meio da Lei 11.110, tendo como objetivos:

  • Incentivar a criação de trabalho e a renda entre os MEIs;
  • Oferecer recursos financeiros para o microcrédito produtivo orientado;
  • Oferecer apoio às instituições de microcrédito repassadoras para a prestação de serviços aos MEIs.

Cartão de Crédito BNDES

Além do empréstimo, o BNDES também oferece o cartão de crédito para MPME, MEI, clubes, sindicatos e associações.

 

Para solicitar é necessário que a empresa seja nacional e tenha faturamento de até R$ 300 milhões anuais, também deve estar em dia com os tributos federais. Já para o MEI, o valor máximo faturado por ano deve ser de R$ 360 mil.

 

A taxa de juros é estabelecida mensalmente e é atualizada no Portal de Operações do Cartão BNDES, sendo que a taxa referente ao mês de dezembro de 2021 é de 1,51% a.m. O parcelamento pode ser feito em até 48 vezes e o limite de crédito pode ser de até R$ 2 milhões, dependendo do perfil do solicitante.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Siga-nos no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o  Facebook, Twitter, Instagram, e Twitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

 





Link da fonte

Deixe uma resposta