o que pode impedir a aprovação?


Atualmente, o empréstimo consignado é uma das principais modalidades de crédito voltada às pessoas físicas. Isso porque, em geral, oferece ótimas taxas e opções de parcelamento. Em 2020, aposentados e pensionistas representavam 60% dos tomadores de empréstimo consignado no país. Porém, você sabe como funciona o empréstimo consignado e o que poderia impedir a aprovação desse tipo de crédito? Para saber, confira a seguir!

É provável que você goste também:

Fim da margem consignável de 40% para empréstimos do INSS

C6 Bank: é possível não receber ligações oferecendo consignado; veja como

INSS: Veja o que muda no consignado em 2022

Empréstimo consignado: o que pode impedir a provação?

Então, em primeiro lugar, vale explicar como funciona o empréstimo consignado. Você pode solicitá-lo a partir de parceria entre instituições financeiras, que são responsáveis por conceder o crédito, e órgãos públicos e empresas. Assim, quando uma pessoa solicita o empréstimo, as parcelas são descontadas diretamente na folha de pagamento, seja salário ou algum tipo de benefício.

Por contar com o desconto automático na conta, o empréstimo consignado costuma oferecer taxas de juros menores. Isso porque o risco de inadimplência tende a diminuir. Além disso, o prazo de pagamento costuma ser maior e, em alguns casos, pode chegar a 72 meses.

No entanto, há casos nos quais o banco pode negar o pedido. Sim, a instituição financeira pode negar a solicitação de empréstimo consignado, ainda que o solicitante se encaixe em um dos grupos mencionados anteriormente. Isso pode ocorrer devido a diversos fatores, como, por exemplo:

  • não possuir margem consignável: se o solicitante não tiver margem consignável suficiente para a quantia solicitada;
  • vínculo empregatício temporário: para obter um empréstimo consignado, é necessário possuir renda fixa. Profissionais com vínculo empregatício temporário, como estagiários, trabalhadores temporários e servidores públicos em cargos provisórios não têm direito à solicitação do crédito.
  • dados incorretos ou desatualizados;
  • idade: a idade mínima para tomada de um empréstimo consignado é de 18 anos;
  • possuir outros empréstimos ativos: se a parcela dos empréstimos ativos, juntas, alcançarem a margem consignável, é bem provável que a instituição negue o pedido.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: fizkes / Shutterstock.com





Link da fonte

Deixe uma resposta